News

Giner na Revista Gourmet

jun 16, 2011 | Imprensa

Giner na Revista Gourmet

Giner na Revista Gourmet

Matéria sobre Conforto Acústico em restaurantes na revista Gourmet com entrevista da Giner

Você poderia ter desfrutado mais do que esperava quando visitou o seu restaurante favorito. Pense na sua última refeição. Será que você precisou levantar sua voz para manter uma conversa? Você estava distraído ou irritado pelo barulho insuportável ao seu redor?

Enquanto alguns proprietários de bares e restaurantes acreditam que uma atmosfera ruidosa faz parte do sucesso, eles podem estar colocando seus clientes, funcionários e seu próprio negócio em risco.

No projeto de um restaurante ou bar, vários fatores deverão ser considerados. Infelizmente o ruído e a acústica no ambiente são os problemas importantes e comuns, todavia esquecidos.

Não abordar essas questões  pode desencorajar o retorno de clientes, causar violação de leis e normas que poderão custar ao dono do estabelecimento valores consideraveis para a sua correção.

Paul Bocuse, já afirmou que a questão mais importantes de seu badalado restaurante é “L’acoustiche”, e que seus importantes clientes querem além de apreciar a sua lendária cozinha ter privacidade total nas conversas.

Quando abordamos o tema acústica, devemos fazer primeiramente uma divisão entre Isolamento acústico e Condicionamento acústico, pois há uma enorme confusão à respeito do tema que muitos pensam ser a mesma coisa:

Isolamento acústico: sistema construtivo e/ou materiais usados para isolar, barrar a passagem de som de um ambiente para outro. Absolutamente necessário em restaurantes, bares e boates com reforço sonoro e música ao vivo. Tais procedimentos devem ser realizados  na fase inicial da construção, pois após o acabamento   muitas vezes torna-se impossível.

Condicionamento acústico: também conhecido erroneamente como tratamento acústico, quando na verdade são sistemas e/ou dispositivos que condicionam um espaço ou ambiente, geralmente fechados, para um propósito particular, por ex, salas de concerto, operas, restaurantes, boates e etc.

Neste artigo abordaremos o principal problema que afetam os estabelecimentos de “Food service”: o Mr. Ruído.

Primeiro vamos caracterizar algumas fontes de ruído:

Cozinha: atualmente é comum incorporar a cozinha ao salão principal, torná-la aberta e visível. Isto também a torna audível elevando o ruído no estabelecimento.

Clientes: na maioria das vezes os ruídos em restaurantes e bares são dos próprios clientes, ou compostos por ruídos externos (cozinha) que obrigam os clientes a falar mais alto a fim de se comunicarem.

Uma bola de neve…

Sistemas de apoio técnico: equipamentos mecânicos, encanamentos e ar condicionado são geradores de ruídos indesejados. Um sistema de ar condicionado ruidoso com certeza fará os clientes falarem mais alto e assim a bola de neve cresce

Música: seja ao vivo ou através de reforço sonoro, eleva o nível de ruído ambiente, principalmente em ambientes “vivos” muito reverberantes que às vezes podem mascarar os ruídos dos sistemas de apoio técnico, porém adicionando mais ruídos.

Tráfego: ruídos gerados externamente pelo tráfego podem ser transmitidos para dentro do estabelecimento, dependendo da construção, pelas paredes externas sem qualquer isolamento. Predominam em edificações próximas a rodovias, vias de alto tráfego e aeroportos.

Estabelecimentos adjacentes: Restaurante em edifícios de múltiplo uso podem ser afetados, pelos ruídos dos vizinhos por transmissão via estrutural (pisos e paredes) de estabelecimentos adjacentes.

Como se pode ver, existem diversas fontes de ruído que afetam negativamente muitos estabelecimentos de “food service” e nem todos estão listados aqui. Talvez essa lista seja o primeiro passo para tornar os proprietários e arquitetos mais conscientes com a questão acústica do ambiente, e ajudá-los a pensar mais no assunto.

Assim que o problema seja identificado, o próximo passo é oferecer uma solução.Soluções para problemas de ruído variam muito e dependem de vários fatores. Na grande maioria dos casos é necessário procurar o aconselhamento de um consultor acústico profissional. Consultores experientes em acústica podem identificar problemas em potencial, fazer o projeto necessário e oferecer opções de como minimizar o ruído. Mas lembrem-se  o custo sempre estará relacionado à performance, ao resultado. Ouvir

Box Dicas

1_Consulte um especialista antes de qualquer intervenção construtiva, sempre na fase de projeto, desta forma a implementação das correções acústicas serão factíveis e com menor custo.

2_ O planejamento geral do espaço é essencial. Onde ficará o bar,

os banheiros e a cozinha?

3_ Evitem usar somente materiais não absorventes como, mármore, vidro, metais e etc. na decoração. Façam uma mistura com materiais absorventes, tecidos, lãs, vegetação etc…

4_Não deixe o seu cliente desapontado com os problemas acústicos, ele deveria apreciar somente o seu prato e o ambiente e não nas conversas e ruídos.

5_Ainda não inventaram a tinta acústica…

Share This