News

NBR 15575 projeto de desempenho acústico de edifício próximo a aeroporto

jan 20, 2014 | Imprensa

O engenheiro José Carlos Giner, principal consultor da Giner, relata no Estudo de Casos da AECweb a tecnologia usada no projeto de desempenho acústico de edifício próximo a aeroporto de acordo com a norma NBR 15575.

Projeto-de-desempenho-acústico-conforme-NBR-15575.

Projeto de desempenho acústico conforme NBR 15575.

Confira trechos da publicação abaixo ou veja a íntegra no portal AECweb.

Condomínio de alto padrão implantado em uma região estritamente residencial, porém, próxima a vias de alto tráfego terrestre e aéreo com muito barulho.

Desafio.

A elaboração de um projeto acústico eficiente faria a diferença na concepção do edifício, uma vez que existia a preocupação com a interferência dos ruídos externos – causados pelas aeronaves – e internos – comuns do dia a dia (queda de objetos, descargas, passos etc). Daí a exigência da construtora São José, responsável pela obra, por sistemas que estivessem adequados aos níveis de desempenho superior da norma NBR 15.575.

Solução a NBR 15575.

“Primeiramente realizamos o mapeamento de ruído no entorno do terreno com o intuito de identificar os barulhos orgânicos da região; em seguida o relatório técnico inicial apresentou as premissas do projeto. Depois, prestamos consultoria às demais disciplinas para especificação dos elementos construtivos que eventualmente poderiam impactar no projeto de acústica”, explica o engenheiro José Carlos Giner.

A empresa tirou partido de softwares de modelamento e simulação digital dos materiais previstos, tendo em vista os níveis de desempenho e o projeto executivo com detalhamento das soluções. Assim, foi possível atender as necessidades de desempenho e custo ainda na fase do projeto, ou seja, sem nenhuma construção física.

“Após a construção, fizemos medições dos níveis de desempenho em todos os pavimentos tipo, cobertura, ático e subsolo. O resultado foi satisfatório: os índices de ruído se confirmaram dentro das exigências da NBR 15.575”, destaca o engenheiro.

Quer ver mais? Leia a  íntegra no portal AECweb.

Share This